Já ouviu falar na Regra dos 3 na decoração? Veja como aplicá-la na sua casa!

Publicado em 13/09/2022

Decorar a casa é uma tarefa difícil, mas prazerosa. Escolher os móveis, personalizar o ambiente e trazer os detalhes para o seu lar é uma fase bem gostosa. Algumas dicas, ferramentas e técnicas podem ajudar a tornar o processo mais fácil e rápido. A regra dos 3 na decoração também faz a diferença.

Mas o que é regra dos 3 na decoração? Como ela funciona? É possível aplicá-la em todos os cômodos? Nós vamos tirar as suas dúvidas! Conheça sobre essa técnica e saiba como ela pode ajudar na hora de decorar a casa.

O QUE É REGRA DOS 3 NA DECORAÇÃO?

Você deve lembrar da regra de 3 da escola, não é mesmo? Essa regra é essencial para diversas áreas, desde a matemática até a fotografia. E na decoração essa regra também tem muita importância. Não da mesma forma, claro, mas com os mesmos objetivos. Em resumo, a regra dos 3 na decoração diz respeito a uma orientação de que o agrupamento de 3 elementos é a melhor forma decorar.

Assim como na matemática, onde 3 números funcionam para encontrar um resultado. No design de interiores, ela traz um equilíbrio e harmonização na combinação de três elementos. Assim, é possível basear a sua decoração nessa regra e manter um ambiente harmônico.

A regra dos 3 na decoração funciona como um guia de orientação para ornamentação de itens e mobílias, facilitando definir o que será utilizado e onde será colocada cada coisa. Dessa maneira, a regra pode ajudar a criar profundidade ou ajudar a iluminar um ambiente, criar harmonia. Enfim, são muitas as possibilidades que a regra dos 3 pode oferecer na decoração.

VANTAGENS DE APLICAR A REGRA DOS 3 NA DECORAÇÃO

  • Agradabilidade ao olhar, pois a combinação de 3 elementos chama atenção;
  • Traz equilíbrio para a decoração;
  • Ajuda a manter o ambiente organizado;
  • Define espaços para cada coisa;
  • Facilidade na hora de decorar;
  • Traz dinamismo para a decoração.

COMO USAR A REGRA DOS 3 NA DECORAÇÃO

Mas como encaixar essa regrinha na hora de montar a decoração da casa? É simples. A regra dos 3 na decoração é dividida em: elementos decorativos, mobília e cores e texturas. Assim, é possível aplicar a técnica em todos os cômodos, valorizando o ambiente e deixando a decoração digna de capa de revista.

Dessa maneira, essa regrinha pode ser aplicada por qualquer pessoa que queira transformar ambientes, dando uma cara nova para a decoração. Não necessitando obrigatoriamente de um profissional especializados para entender como você pode utilizá-la na sua casa. Saiba como aplicar a regra dos 3 na decoração, seguindo essas divisões para facilitar o seu trabalho.

REGRA DOS 3 COM MOBÍLIA

É possível utilizar a regra dos 3 para os móveis e eletros. Assim, os três elementos estarão criando um elo de continuidade, harmonizando o ambiente de uma forma mais macro. Por exemplo, TV, sofá e poltrona, formam uma tríade para a sala de estar. Já na cozinha, pia, fogão e geladeira podem harmonizar bem e criar um melhor fluxo de trabalho no ambiente.

REGRA DOS 3 NAS CORES E TEXTURAS

Harmonizar cores e texturas também é uma forma de deixar os ambientes visualmente mais agradáveis. Assim, você não precisa criar um ambiente monocromático, que pode ficar entediante, mas não precisa criar um ambiente cheio de cores que o torne cansativo aos olhos.

A regra dos 3 nas cores e texturas diz ser possível equilibrar 3 cores ou texturas em local. Por exemplo, utilizar um móvel de madeira, com elementos de vidro e metal, pode dar um ar mais harmonizado. Para as cores, pense em unir uma base neutra, uma cor mais forte e uma de transição.

Uma dica especial é utilizar a proporção 60/30/10% na hora de escolher as cores para a casa. A cor que vai predominar deve ser uma base mais neutra, a cor secundária deve ser uma cor mais próxima a cor principal, fazendo a transição. Já a cor com menor presença, deve ser usada em itens decorativos, como almofadas, vasos, cortinas e quadros. Dessa maneira, a mudança de cores não vai causar um impacto negativo ao olhar.

ITENS DECORATIVOS

A regra dos 3 na decoração também vale para os elementos em geral. Tente criar uma tríade com os itens decorativos. Por exemplo, na mesa de cabeceira, coloque um livro, um vaso de flores e um porta-retrato. Assim, você cria o equilíbrio perfeito para os olhos, harmonizando e centralizando o olhar.

Apesar de a regra ser sobre 3 elementos, não é obrigatório que sejam elementos iguais. A dica é combinar 2 itens similares e 1 diferente. Ou optar pelos 3 itens iguais nessa escolha de itens decorativos. Por exemplo, para uma mesa de centro, opte por uma pilha de livros e uma pilha de revistas e no centro, um vaso decorativo.

NA ILUMINAÇÃO

Além disso, é possível trazer a regra dos 3 para a iluminação. Para alguns ambientes, a dica é que existam 3 tipos de iluminação. A luz geral, de tarefa e de destaque. Assim, é possível deixar o ambiente mais equilibrado e aconchegante. Ao optar por luminárias suspensas, escolha 3 itens iguais, por exemplo.

Dessa maneira, a regra dos 3 é muito importante para quem está começando a decorar a casa e não tem conhecimento técnico e profissional, ajudando a direcionar a localização e disposição dos elementos para decoração. Ela contribui para uma melhor organização visual do ambiente, harmonizando bem o espaço, tornando-o mais equilibrado.

Por isso, se você está decorando um ambiente ou toda a sua casa, a regra dos 3 é fundamental para você escolher como decorar ou até mesmo o que deve descartar na decoração. Essa regra é uma boa alternativa para quem não está tendo acompanhamento de um profissional capacitado para executar a nova decoração dos ambientes. Seja para um ambiente como um quarto ou a sala de estar, a regra dos 3 é bastante indicada por diversos designers de interiores.

Fonte: R&M Italínea planejados

Siga-nos no Instagram

@italineamoveis

Solicite um
orçamento

Os móveis planejados dos seus sonhos estão esperando por você! Temos os especialistas perfeitos e prontos para desenvolver seu projeto de vida feliz de forma única e personalizada.